AMIGAS DO VINHO

AMIGAS DO VINHO
MINHA DOCE MISSÃO A Confraria Amigas do Vinho foi fundada no dia 2 de agosto de 2003. É um confraria nacional, virtual, mas com encontros presenciais. A Confraria Amigas do Vinho é registrada, inclusive seu domínio e a sua logomarca. Nossa proposta é proporcionar encontros entre mulheres que apreciam degustar vinhos, de forma moderada, lúdica e descontraída. Nesses encontros, além de degustarmos vinhos também desfrutamos do intercâmbio pessoal, profissional, cultural e educacional.

domingo, 20 de agosto de 2017

Bazar da Cidade, 25 a 27 de Agosto com delícias gastronômicas

Mais uma edição do Bazar da Cidade, com  delícias gastronômicas estarão presentes nos dias 25 , 26 e 27 de Agosto na Obra de Arte, em Moema. 
Serão 45 expositores, tendo o Pita Bar Kebab como o restaurante principal com os deliciosos quitutes árabes e outras cinco saborosas opções gastronômicas, confira:

  • Pita Bar Kebab
    O espírito desse simpático e concorrido restaurante e bar árabe, no bairro de Pinheiros, estará no Bazar da Cidade. O cardápio é bom demais: quibes, esfihas, falafel, sopas, kebabs no prato e no pão, doces árabes, coalhada fresca com frutas e a imbatível torta zebra.
    • Café Racer
    O barista Thiago Chiessi vai estar com sua original kombi de café no Bazar da Cidade. A kombi é um luxo; e os cafés também: todos preparados com grãos orgânicos e biodinâmicos, servidos em embalagens biodegradáveis. Para acompanhar os cafés, só gostosuras: croissants, pão de queijo, tortinha de chocolate, brownie e cookies.
    • Fernanda Vianna Enogastronomia
    A sommelière Fernanda Vianna representa algumas importadoras e tem um faro incrível ​para sugerir a seus clientes produtos de alta qualidade e cheios de sabor. Ela volta ao Bazar da Cidade com ​uma ótima seleção de vinhos e espumantes e também com saborosos pastramis.​​ Que delícia!​
    • Grão Vizir Masalas e Especiarias
    Marcelo Nestari leva ao Bazar da Cidade as ervas e temperos da sua Grão Vizir. As masalas são pra lá de especiais. Entre elas, Curry de Madras, Garam Masala, Kashmir Masala, Panch Phoron Rajasthani, Tandoori Masala e Tchai Masala – esta uma combinação de chá preto, leite e especiarias com sabor picante e ao mesmo tempo adocicado. Destaque também para a Calda de vinho e especiarias, para ser explorada em muitos pratos. 
    • Il Riccio
    Os loucos por comidinhas de bazar vão poder levar para casa as criações de um casal que entende muito de cozinha italiana, a brasileira Marcella Avian e o italiano Matteo D'Androsi. Eles participam do Bazar da Cidade com uma atraente linha de produtos: abobrinhas, berinjelas e cogumelos grelhados, caponata de berinjela, lasagna al sugo, grissini, taralli (biscoito de azeite extra virgem), ciambelline al vino (biscoito de vinho tinto) e biscotti di ceglie (biscoito de amêndoas).
    • Trem Bom de Minas
    O empório itinerante do mineiro Elvio Rocha e da paulistana Priscila Torres está nesta edição do Bazar da Cidade com mais​ de trinta diferentes tipos de queijos, e ainda doces e mel. Eles trabalham com produtores da região Sul e Oeste de Minas Gerais. Tudo é irresistível. Mas o destaque fica para os queijos Canastra, Mantiqueira da Serra e trufado com requeijão. Há ainda queijo gouda, contê, parmesão, mussarela de búfala e queijo de cabra. As peças de queijo custam de R$ 18 a R$ 90.
    Música, Tarot e Compras – Neste seu segundo ano de existência, o Bazar da Cidade traz a novidade de vinte novos expositores, comprovando que bazar é um corpo vivo e sempre vale a pena visitá-lo a cada edição.

    Entre o total de 45 expositores, paixões estarão garantidas: roupas, acessórios, semijoias, bijoux, cerâmicas ​e objetos de design.

    Estão garantidos também as leituras do Tarot de Marselha com Jimmy Jacques.
    E o som da AbandOnada, banda liderada pelo tecladista Sérgio Paes, com o melhor do jazz e do blues – no sábado 26, às 18 horas.


    Serviço
     – O Bazar da Cidade acontece nos dias 2​5, 26 e 27​ de Agosto (sexta, sábado e domingo). Em todos os três dias, sempre das 11 às 21 horas.

    Na Obra de Arte, Rua Indiaroba 97, Moema, tel. 5535-2935.

    Entrada gratuita. Estacionamento bem ao lado.

    segunda-feira, 14 de agosto de 2017

    Espumante Helios - Moscatel

    Mais um Espumante Moscatel muito apreciado, leve, de baixo teor alcoólico, muito aromático e adocicado. 
    Única fermentação em tanques de Inox - método Asti

    Cor amarelo claro e transparente.
    Aroma de frutas como pêssego, pera e maça.
    Na taça boa intensidade de finas borbulhas persistentes.
    Na boca é levemente doce e extremamente frutado, cremoso.
    Temperatura de consumo: 5º a 8°C

    Produtor: Vinícola Helios Ltda
    País: Brasil
    Região: Serra Gaucha
    Safra: Não safrado
    Tipo: Espumante 
    Volume: 750 ml
    Uva: Moscatel
    Teor Alcoólico: 7,0%

    domingo, 6 de agosto de 2017

    Nancul Reserve Elegant - Carmenere 2015

    Um vinho tinto chileno, uva Carménère, Reserve Elegant, de bom corpo e aveludado. 
    Existem outros varietais.

    Cor vermelho intenso com reflexos rubi.
    Aroma de frutas vermelhas maduras, como ameixa preta e geleia de morango, leve toque apimentado mas fácil de beber.
    Na boca é expressivo, com taninos presentes mas um bom final de boca, corpo médio.

    No contra-rótulo texto interessante do nome:

    "Nancul é um nome aborígine de um pássaro milenar de grande nobreza e um guardião que vive ao pé de nossas vinhas, onde durante cada pôr do sol embarca em um vôo baixo sobre as vinhas com a missão de oferecer proteção e deixando sua magia em cada cluster de uvas.
    O nome Nancul é em honra do espírito guardião, que pode ser sentida em cada um dos vinhos."

    Produtor: Comercial Hugo Casanova Ltda.
    País: Chile
    Região: Maule Valley
    Safra: 2015
    Tipo: Tinto
    Volume: 750 ml
    Uva: Carménère
    Teor Alcoólico: 13,4%

    quinta-feira, 3 de agosto de 2017

    Festival Vinho no Boteco - SP começa hoje !

    Créditos: Egydio Zuanazzi
    Começa hoje em São Paulo e termina dia 13/08 a primeira edição do Festival Vinho no Boteco. 

    Neste período, sete bares de vinho paulistanos – Canaille BarDiónysosJamón, JamónOvo e UvaRubi Wine BarSancho Bar y Tapas e Vinum Est – se unem para servir a bebida a preço de importadora, em garrafa ou taça. É a oportunidade de beber ótimos vinhos a preços especiais.

    A lista geral inclui rótulos da Argentina, Chile, Espanha, França, Itália e Portugal, mas cada bar escolheu o que servir conforme sua identidade. 

    No Jamón, Jamón por David Lopez, por exemplo, especializado em gastronomia espanhola, estarão disponíveis os tintos Legado Muñoz Garnacha (R$ 57/garrafa; R$ 15/taça) e Artero Tempranillo (R$ 62,90/garrafa; R$ 16/taça), ambos do produtor Bodegas Muñoz, localizado em Toledo, na Espanha.

    Já no Ovo e Uva, a lista é bastante extensa e inclui os tintos Amalaya Malbec (R$ 82,10/garrafa; R$ 21/taça), do produtor argentino Luigi Bosca, e Villa Cardeto Sangiovese, da italiana Cardeto (R$ 66,40/garrafa; R$ 17/taça), o branco Estate Chardonnay, do Chile (R$ 66,60/garrafa; R$ 17/taça), e o rosé argentino Las Moras Syrah Rosé (R$ 48,90/garrafa; R$ 13/taça) entre mais sete opções.

    Créditos Reinaldo Mandacaru

    No Sancho Bar y Tapas são oito opções de tintos, com taças que vão de R$ 15 (Legado Muñoz Garnacha) a R$ 30 (o português Marquês de Montemor by Dorina Lindemann, o mais caro da lista, cuja garrafa sai por R$ 116,40). 



    Vinum Est e Rubi Wine Bar oferecerão tintos. No primeiro, o chileno Terranoble Caménère sai por R$ 50,40/garrafa e R$ 13/taça, por exemplo. 

    E no Rubi são duas opções: La Linda Malbec (R$ 63,70/garrafa; R$ 16/taça) e Artero Tempranillo (R$ 62,90/garrafa; R$ 16/taça).

    Recém-aberto, o Diónysos, localizado em Pinheiros, irá oferecer 11 garrafas a preço de importadora, com oito opções de tinto, duas de branco e uma de rosé, o francês Claude Val Rosé (R$ 65,50/garrafa; R$ 17/taça).

    Já o Canaille oferecerá sete opções, como o tinto francês Arrogant Frog Tutti Frutti (R$ 75,30/garrafa; R$ 19/taça) e o branco La Gascogne D’Alain Brumont Gros Manseng/Sauvignon Blanc (R$ 89,60/garrafa; R$ 23/taça).

    “Há muitos bons bares para beber vinhos em São Paulo de um jeito descomplicado e esta é uma oportunidade de o público conhecê-los melhor. O festival surge para democratizar a bebida, que combina tanto com a ideia de compartilhamento”, diz o sommelier João Renato da Silva, do Ovo e Uva, e coordenador desta primeira edição do festival.

    Dá para conferir o que cada bar irá oferecer, seus endereços e horários de funcionamento consultando o site www.festivalvinhonoboteco.com.br